Preaload Image

Alunas do Cursinho ETL COC são aprovadas em vestibulares tradicionais e concorridos

Alunas do Cursinho ETL COC são aprovadas em vestibulares tradicionais e concorridos - ETL

Duas alunas que concluíram o Cursinho ETL estiveram esta semana na escola para contar, animadas, que foram aprovadas nos vestibulares dos quais participaram.

Ana Júlia F. de Almeida foi aprovada em Psicologia, na Unesp de Assis. Para ela, o Cursinho ETL foi fundamental para completar o ensino médio.

“O cursinho pré-vestibular da ETL me impulsionou na direção do meu maior sonho: a Universidade Pública! Graças a formação que recebi, fui capaz de crescer pessoal e intelectualmente, além de ter recebido todo o apoio necessário para enfrentar a maratona de vestibulares. Os professores, sempre dispostos a ajudar, foram peças-chave para que eu obtivesse o 5° lugar no curso de psicologia, de maneira segura e confiante pelo que havia aprendido. Sou extremamente grata à equipe ETL que ao me proporcionar um cursinho de qualidade, hoje faz parte da conquista de um futuro promissor.”

Ana Laura Nabas foi aprovada para o curso de Audiovisual, na UFMS, Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. Toda sorridente e acompanhada dos pais, ela contou sobre sua vitória. “Fazer um ano de cursinho na ETL me ensinou muito. Os professores são incríveis e divertidos, as aulas eram sempre animadas. Fez total diferença na hora do ENEM e em outros vestibulares. Tudo o que me ensinaram e também os simulados que fizemos, me deixaram bem mais tranquila na hora das provas. No final, o que era para ser um ano cansativo foi uma ótima experiência, não só por todo o conteúdo que aprendi, mas também pelo meu crescimento pessoal”, disse ela.
Segundo professor Edilson Borella, diretor da ETL, o Cursinho ETL COC faz, com os estudantes, a revisão do conteúdo aprendido até então, preparando-os para os tradicionais e concorridos vestibulares.

“Os bons resultados podem ser conferidos com a aprovação dos alunos que retornam à escola para dividir com os professores essa vitória”, disse Borella.